Home » GEHSP “Benoit Mure”

GEHSP “Benoit Mure”

Grupo de Estudos Homeopáticos de SP “BENOIT MURE”

e Centro Médico Homeopático David Castro

  

Em São Paulo, no final da década de 70, formou-se o primeiro esboço de um grupo de estudos homeopáticos, tendo como principal organizador o Dr. George Washington Galvão Nogueira que, juntamente com outros colegas interessados no estudo da homeopatia, faziam reuniões semanais buscando aprofundar-se em seu entendimento. Respaldados pela presença constante do Dr. David Castro, foi crescendo o número de participantes destas reuniões e a troca de experiências, somadas à prática hahnemanniana, resultou na inauguração do primeiro pronto socorro homeopático de São Paulo, em meados de 1979.

A partir do ano seguinte, com o substancial crescimento do número de participantes destas reuniões, entendeu-se que se deveria abrir este pronto socorro também para o ensino. Assim, em meados de 1980, o já denominado Grupo de Estudos Homeopáticos de São Paulo “Benoit Mure” recebeu sua primeira turma de estagiários que fazia acompanhamento de plantões de 24hs, ininterruptos, dando atendimento aos pacientes de todos os médicos componentes do grupo, fazendo atendimento ambulatorial e eventuais internações, já que havia 3 leitos disponíveis para tanto.

Em 1981, o Pronto Socorro Homeopático mudou-se para um local bem mais amplo, que comportava a internação de 12 pacientes, com centro cirúrgico plenamente equipado, e conhecido como Centro Médico Homeopático David Castro, com uma estrutura hospitalar inédita no mundo, já que era movido única e tão somente por princípios homeopáticos e pela filosofia hahnemanniana, tendo neste local permanecido até o final do ano de 1991, aberto ao atendimento dos pacientes de todos os médicos homeopatas. Paralelamente, em continuidade ao estudo da homeopatia, este período foi marcado por uma intensa revisão da obra de Hahnemann, com apuradas releituras e revisões de tradução, o que possibilitou ao Grupo de Estudos Homeopáticos de São Paulo “Benoit Mure” fazer a sistematização do diagnóstico homeopático, tanto para casos crônicos como agudos, e aplicá-la no tratamento médico, com evidente benefício aos pacientes.

Todo este trabalho foi apresentado em Congressos da Liga Homeopática Internacional, Congresso Brasileiro de Homeopatia, na Argentina e no México, tendo provocado bastante impacto e revisões por parte de nossos colegas latinos.

Dentre inúmeros outros trabalhos de igual importância, seriedade e respaldo científico, queremos ressaltar o trabalho feito sobre o Centro Cirúrgico do Centro Médico David Castro, denominado “Infecções Hospitalares: Um Desequilíbrio Ecológico”, que resumidamente apresentava novas propostas para assepsia e anti-sepsia, tendo como resultado ínfimos índices de infecção pós-operatória.

Certamente estas condutas, apesar de documentadas e acompanhadas de perto por microbiologistas, bem como as condutas adotadas, tiveram seus oponentes, aqueles que não concordaram em fazer a homeopatia em suas bases puras, mas graça à força hercúlea e trabalho incansável de George Galvão Nogueira, este pronto socorro mostrou aos muitos homeopatas (mais de 1200 médicos brasileiros e estrangeiros) que por lá passaram, a força da terapêutica da homeopatia nos mais de 20.000 pacientes que por lá foram atendidos.

Um dos pontos de maior relevo na história do Centro Médico foram as atitudes inovadoras em obstetrícia. Desenvolveu-se uma técnica no acompanhamento de partos normais de cócoras, respeitando-se a integridade natural da mãe e do recém nascido, com índice que variava em torno de 12% de cesarianas, sem nenhuma infecção hospitalar, e apenas um óbito em todos os 10 anos de funcionamento.

Este breve relato do que foi o Centro Médico Homeopático David Castro, não seria completo se não fosse citado também o nome do Prof. Walter Edgard Maffei, que pacientemente recebeu ao longo daqueles 10 anos, além de seus alunos do curso de patologia, as turmas de médicos que estagiavam nas necropsias. Por diversas vezes tivemos oportunidade de acompanhar suas aulas no Centro Médico, bem como pudemos acompanhar e discutir a evolução de vários pacientes lá internados e assim, à beira do leito, apreciar o resultado da aplicação do vitalismo de Hahnemann, somado, ou melhor, talvez coadjuvado pelo respaldo da visão vitalista que nos passou o Prof. Maffei.

Em meados de 1991, já funcionando no próprio consultório do Dr. Galvão, o Pronto Socorro Homeopático tinha seus últimos estertores, principalmente motivados pela capitulação daqueles que não conseguiam acompanhar o seu incansável trabalho, e concluindo, segundo palavras do próprio Galvão: “o tempo de vida do Centro Médico David Castro foi suficiente para mostrar a todos aqueles que se aplicam em seguir os preceitos de Hahnemann a trilhar o caminho puro do Vitalismo, bem como aos incrédulos, que a homeopatia é uma medicina completa para os tratamentos clínicos dos casos crônicos e principalmente dos casos agudos”.

Durante o período de 1991 a 2000 o Centro Médico funcionou modestamente no seu consultório, formando em homeopatia, médicos, veterinários, dentistas e farmacêuticos, com uma relação de mestre-discípulo, com discussões de casos clínicos, apresentação de trabalhos, atendimentos ambulatoriais e posterior supervisão do caso, plantão de pronto atendimento de 12hs e estágio no laboratório da Farmácia Bento Mure.

Em 2000, com o falecimento do Dr. Galvão, o Grupo de Estudos Homeopáticos de São Paulo “Benoit Mure” e o Centro Médico Homeopático David Castro sofrem a perda de seu fundador e mantenedor. Órfãos, mas herdeiros de um conhecimento precioso, adquiridos ao longo de aproximadamente 20 anos de sua prática médica homeopática hahnemanniana, seguimos em frente com todas as atividades sob a orientação de seu discípulo mais próximo, o Dr. Vagner Doja Barnabé, realizando trabalhos de combate às epidemias em cidades no interior de São Paulo e Goiás; participando de Congressos Homeopáticos com apresentação de vários trabalhos.

Atualmente, como homenagem e reconhecimento por toda a dedicação do Dr. Galvão `a causa homeopática, criou-se o Instituto Hahnemanniano George Galvão, entidade mantenedora do Centro Médico Homeopático David Castro e do Grupo de Estudos Homeopáticos “Benoit Mure”, com a finalidade de dar prosseguimento a formação de Homeopatas e divulgar a Homeopatia dentro dos ensinamentos de Hahnemann.

O Centro Médico Homeopático David Castro juntamente com o Grupo de Estudos Homeopáticos de São Paulo “Benoit Mure”, está localizado na Rua Conselheiro Saraiva 388, no Bairro de Santana, na Cidade de São Paulo. Em parceria com a Farmácia Homeopática Bento Mure oferece cursos para especialização em homeopatia, cursos para pacientes, reuniões de estudos semanalmente, além de atendimento médico ambulatorial.

Seu site é: www.ihgg.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>